introversos' book cover

Gênesis

Pego meu relógio de bolso,
agarro-o entre meus dedos:
vejo, no vidro de safira,
o reflexo da história.

Tac. Tic. Tac. Tic.
Pois antes, havia escuridão
e a matéria que se acumulava,
e se acumulava, e se acumulava,
se acumulava, e se acumulava mais.

Tic. Com tamanha energia-explosão,
houve a luz
e tudo se emerge do breu.

Tac. Gerou, então, sob água (Tic),
a terra (Tac),
e ar (Tic),
condições para animais
nadarem na água,
correrem sobre a terra
e voarem no ar.

Dos animais,
escolheu o homem
para Lhe louvar
e saber de Sua Existência.

Ao final de tudo isso,
o Criador descansou:
disse a si mesmo
que nada muito novo
do que já fora
seria criado (Tac):
nada mais se cria,
tudo se transforma,
todos evoluem.

Tic. Tac. Tic. Tac.
O homem continua O louvando
a cada vez que põe a mão no bolso
para ver que horas são.

< Meditação O tempo é psicológico >

Este poema é parte do livro Introversos: versos da cabeça de um introvertido.

Leia online Leia no Kindle

interversos' book back cover