Gustavo Dutra e suas personas, escolha uma...

Poeta

Nesta sala de espera
aviso - com sentimentos de que é em vão
- ao meu cérebro
que espalhe a notícia:
só mais um pouco.

A ajuda médica já vem
- repito para mim.
Grave? Coisa boba?
A dúvida me corrói.

Dores eu aguento.
Sou forte.
Mas o medo me assusta.
O medo de ser grave.
O medo de não ser passageiro.
Medicamentos.
Sofrimentos.

Dores eu aguento.
Sou forte.
Não aguento a sensação
de estar com alguma doença
e não saber.
Não terminar o poema que comecei.
Medo do laudo dos exames.
Medo de que não tem mais volta.
De que poderia ter evitado.
Hábitos. Maus hábitos.

Dores eu aguento.
Sou forte.
Tenho medo de não saber
a hora certa de ir ao médico.
Quando foi só uma dorzinha?
Uma intoxicação?
Espero a febre?

Dores eu aguento.
Sou forte.
Mas não paro quieto
até saber qual doença
classifica-se nos sintomas.
Vai e volta.
Vem e fica.

Será o fardo do hipocondríaco
aprender a ignorar os sintomas,
que sente na pele e na carne,
a fim de aceitar
sua única e real doença?

De cima do monte,
Sob aquelas nuvens,
O vento bate mais fresco,
Os pássaros cantam mais alto,
O mundo gira mais devagar.

Sem pressa, plana o condor,
Lá embaixo, animais enormes,
Que agora parecem formigas,
Deslizam pelo tapete verde.

O vento cochicha, baixinho,
No meu ouvido
Coisas que não consigo decifrar.
Mas,
Mesmo assim,
Lá dentro,
Sei que está me dizendo
Que de cima ou de baixo,
O mundo é o mesmo.

Perto da mansão amarela
Um Dom que morou nela
Com um jardim imenso
Que viveu um momento intenso
Com flores e chafariz,
Com pesado ar e chariz
Passa a noiva estonteante
Após brado retumbante,
Onde brincam cão e dono
Volta a ser apenas carbono
De pegar a bola do chão.
Debaixo de seu panteão.

Assim como nos versos acima,
lá a morte e a incerteza
mesclam com a vida, natureza;
E as escrevo através de rima.

Podcaster

Todo mundo já se deparou com pelo menos uma criança. Não adianta. Somente as crianças dos outros são anjinhos, são educadas... As nossas serão eternos capetas.

Talvez você, assim como eu, já tenha se deparado com estas e outras coisas que tornam crianças um dos mais perigosos seres que habitam o planeta.

You are missing some Flash content that should appear here! Perhaps your browser cannot display it, or maybe it did not initialize correctly.

Olá!

Este podcast fala sobre animais estranhos. Entre eles, estão:

Acho que é isto! Conhece mais algum animal estranho?

You are missing some Flash content that should appear here! Perhaps your browser cannot display it, or maybe it did not initialize correctly.

Arte é arte e gosto não se descute. Só não podemos confundir uma coisa com a outra.

Durante o áudio é falado sobre a poesia de Drummond e a pedra no caminho, fala-se também da música Geni e Zepelim do Chico Buarque e do funk Tipo Rei do MC Créu.

Além disto, o que mais não é mas deveria ser considerado arte?

You are missing some Flash content that should appear here! Perhaps your browser cannot display it, or maybe it did not initialize correctly.

Tema por Kiwi Themes.